domingo, 24 de setembro de 2017

KLUSTER - Klopfzeichen - 1971

EM HOMENAGEM A DIETER MOEBIUS...
(Originalmente publicado no antigo domínio em 21/09/2009)




Primeiro e excelente album de mais uma linda obra de Krautrock que posto por aqui. 
Este é um projeto brilhante composto por três gênios que abusaram de suas técnicas e colocaram em prática uma das mais belas traduções do que se tornou a música eletrônica. Trata-se de um disco que conta com a participação de Conrad Schnitzler que participou do primeiro álbum do Tangerine Dream, fundou o Eruption - outra excelente banda de Krautrock que lançou apenas um disco - e,posteriormente, seguiu em carreira solo lançando discos importantes para a cena eletrônica alemã da época.


Hans-Joachim Roedelius, grande ídolo, infelizmente pouco conhecido, que contribui imensamente para o movimento surgido na Alemanha no fim dos anos 60. Roedelius foi o percursor da chamada Ambient Music e um dos fundadores, juntamente com  Schnitzler, do Zodiak Free Arts Lab,grande centro da música experimental em Berlim fundado em 1969. Por lá consagraram-se bandas fundamentais como Ash Ra Tempel, Curly Curve, Agitation Free e Tangerine Dream.

Dieter Moebius foi outra grandiosa figura que também muito contribuiu para a ascensão do movimento Krautrock na Alemanha no fim dos anos 60. Sempre acompanhado por Roedelius, fundou a excelente banda Harmonia em 1974 que contava com a vasta experiência de Michael Rother, membro fundador do Neu!

Moebius também participou em diversos projetos de Ambient Music juntamente com Cony Plank e Mani Neumeier (Guru Guru).

Assim como a capa, o disco traz uma atmosfera bem obscura sem melodias e rítmos concretos. A primeira faixa do disco, traz uma espécie de oração narrada em alemão por uma mulher que mais pareçe a esposa do demônio. Essa mesma mulher, participou posteriormente do disco do Eruption juntamente com Schnitzler.

O nome Kluster foi utilizado até meados de 1971, lançando três ótimos trabalhos e após a saída de Schnitzler a banda passa a se chamar Cluster, que conta agora com a essencial presença de Plank neste projeto sequencial que rendeu nada menos que oito discos de estúdio, sendo o último lançado em 2009.

Prato cheio aos que apreciam o gênero... 




TRACKS:

1. Klopfzeichen, Pt. 1
2. Klopfzeichen, Pt. 2

YANDEX

Nenhum comentário:

Postar um comentário